Anuncios

sábado, 30 de janeiro de 2016

VCE - Converged Infrastructure - Overview



Olá pessoa, tudo bem?

Vamos iniciar agora uma sequência de matérias referente a infraestrutura convergente, utilizando produtos e recursos da VCE.

Primeiro, o que é e quem é a VCE?

A VCE é uma junção das empresas VMware, Cisco e EMC.


Todas essas gigantes do mercado de tecnologia, sendo a VMware líder no ramo de virtualização, Cisco na parte de network e telecom e EMC na parte de armazenamento e proteção de dados.

É o melhor dos mundos pensar na infraestrutura convergente ainda mais nos produtos VCE, pois todos os produtos são homologados e testados de forma que tornem essa caixa estável, segura, com poder de processamento muito elevado e com possibilidade de crescimento e claro, homologado quanto a compatibilidade de todos os recursos pelos fabricantes.

O conceito de infraestrutura convergente reune o conceito de data center, porém, este data center centralizado na infraestrutura de uma caixa, fornecendo computação, rede, armazenamento e nuvem (Compute, Network, Storage e Cloud).



Antes de entrarmos muito no detalhe da solução como um todo, vou deixar aqui algumas considerações e opinião pessoal minha quanto a este modelo de solução.

Estável?
- Sim, até demais. O que quero dizer com isso, é que por ser uma caixa homologada e pré-configurada, basicamente não podemos sair atualizando qualquer componentes e muito menos de forma aleatória. Ou seja, caso nossa área de atuação ou a empresa mesmo queira sempre ter todos os recursos atualizados quanto ao seu lançamento, saibam que nesta caixa da VCE não rola. Por exemplo, atualização do vCenter, tem que esperar sair a versão de atualização da RCM (explico melhor mais para frente o que é o RCM) que contemple o procedimento para atualização de todos os componentes o que precise ser feito.

Liberdade?
- Nem tanto. Por ser homologada quase sempre precisamos ficar consultando a VCE quando a adição de recursos físicos de expansão como conectores, plugins, etc. Isso faz com que o processo não seja tão rápido e simples e muitas vezes não autorizado com o risco de se fizermos por conta própria perdermos o suporte e garantia do produto.

Escalável de forma ágil?
- Depende do ponto de vista e de qual camada estamos falando...
Se estivermos falando dos recursos de virtualização, sim, permanece como é hoje em dia. Agora se precisarmos remanejar as Blades que fazem parte da solução de Compute, aqui podemos ter vários percalços e ainda assim ver que podemos ter algum problema em relação ao desenho e documentação da solução. Falando tecnicamente, o remanejamento de um servidor é bem simples, mas essa "política"ao meu ver as vezes atrapalha um pouco.

Suporte único?
- Até certo ponto... Não tenho boas experiências com o suporte da VCE, embora nunca tenha tido algum problema realmente crítico que precisasse de demasiada atenção. O suporte especializado é basicamente todo "gringo", para isso temos que trabalhar bastante o inglês (isso não tem problema :D), temos que contar muito com os parceiros que temos aqui no Brasil para poder ajudar e interagir em casos de problema.
Acho que pela proporção a solução, deveríamos ter uma equipe no Brasil ou mesmo esta responsável pela América Latina.

Mas, como eu disse, esses pontos são de minha opinião e nada que impacte na qualidade da solução que a VCE disponibiliza no mercado, ok?

Nesta primeira parte que irá servir mais de introdução, vou encerrar com os tópicos que abordarei nos próximos posts dessa sequência:



- Vblock System - Introdução
- Vblock System - Administração e gerenciamento
- Vblock System - Disponibilidade
- Vblock System - Segurança
- Vblock System - Provisionamento
- Vblock System - Virtualização e gerenciamento de performance
- Vblock System - Proteção
- Vblock System - Manutenção

Todos estes tópicos são baseados no conteúdo do curso Vblock System Administration and Management.

Para quem quiser pesquisar algumas coisas antes dos próximos assuntos, segue alguns sites que serão de grande ajuda:


No site individual de cada fabricante iremos encontrar maior riqueza de detalhes dos produtos.

Nos vemos novamente em breve.
Abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário